google.com, pub-2942428232633296, DIRECT, f08c47fec0942fa0 Um Mundo sem Insectos?
Quinta das Ginjas
Blog da Quinta

Na Quinta estão hoje....

The Weather Forecast....

  • Quinta das Ginjas

Um Mundo sem Insectos?

Estamos de facto num Mundo em mudança. O que nem sempre é sinónimo de "boa coisa".

Assistimos recentemente a uma crescente preocupação pelo desaparecimento de espécies que, de forma anónima e praticamente invisível, garantem a sustentabilidade dos nossos ecossistemas e da nossa sobrevivência - os Insectos!

Fonte: National Geographic


Recentemente, num artigo da National Geographic, o tema foi relançado. Sabe-se que para cada humano na Terra existirão perto de 1.4 biliões de insectos e que eles suportam tarefas que se desdobram desde a nossa alimentação até à limpeza de detritos.


Individualmente poderão não ser os seres mais encantadores do Universo, mas se olharmos mais de perto e à lupa, poderemos facilmente entender que a sua complexidade e variedade são um exemplo da Biodiversidade que tanto queremos preservar.

Fonte: vários


São incontáveis as espécies agrícolas que dificilmente teríamos hipótese de saborear, não fossem as Abelhas e o seu poder polinizador. Mas infelizmente, as sociedades só tomam noção da triste realidade quando esta lhe bate à porta cobrando por um passado que acabamos por lamentar ter existido...


Seria difícil traduzir em números o quanto representa economicamente o trabalho destes nossos amigos insectos: desde a sua presença na cadeia alimentar da vida selvagem como base da alimentação de peixes, aves e mamíferos; passando pelo controlo de pestes e pragas; e finalizando no processo de decomposição de corpos e plantas mortas. Um número que poderia muito bem ir para além dos 57 biliões de dólares (estimativa na economia americana e não incluindo as suas tarefas de polinização).


E se o uso indiscriminado de pesticidas e agroquímicos não bastasse, sabe-se que 2086 diferentes espécies de insectos servem de alimento a cerca de 3071 grupos étnicos em 130 países do Mundo!


O seu comportamento na Natureza é também fonte de investigação para a sobrevivência do Homem. Por exemplo, todos sabemos das observações que fazíamos na nossa juventude, que os escaravelhos gostam imenso de escrementos! Eles usam-nos para que neles as fêmeas depositem os seus ovos e haja a continuidade da espécie. Contudo este insecto é extremamente limpo e higienizado tendo desenvolvido elevada resistência a infecções.

Para além das plantas e fungos, a comunidade científica virou-se também para os insectos na procura de soluções alternativas para os males que nos afetam.

Fonte: vários

É o momento de pensarmos que antes de nós já outros cá andavam, e que o Mundo que encontrámos foi criado e mantido por diversas criaturas e seres. E que na sua ausência, muito daquilo que temos e conhecemos, deixará certamente de existir.


Naquilo que nos compete, deixamos os alertas, anulámos o uso de químicos nefastos e estimulamos na medida do possível, a Biodiversidade na nossa Quinta. Criando espaços atractivos para insectos e polarizadores porque, em bom rigor, a sua presença não nos incomoda absolutamente em nada!


E você? O que está disposto a fazer?


#savethebees

#Biodiversidade #Polinizadores #SavetheBees

0 visualização

Copyright @ 2012-2020 Quinta das Ginjas - Reservados todos os Direitos

MARCA NACIONAL Nº 494371 (INPI)

quintadasginjas@gmail.com | +351 966078170 | Alcobaça - Portugal